fbpx

Cadastro Positivo Serasa – O que é e como funciona?

Quem é bom pagador muitas vezes não acha justo ter as mesmas condições de pagamento de quem costuma atrasar as contas, mas, com o Cadastro Positivo Serasa isso deve mudar.

O cadastro positivo existe desde 2011, porém, era pouco usado pelas empresas, mas com a Lei 12,414/2011 alterada em julho de 2019 essa situação se altera. A partir de agora as empresas poderão incluir os nomes dos consumidores nessa lista sem que haja necessidade de autorização prévia.

Para que possa entender melhor, essa é uma espécie de currículo financeiro que as pessoas possuem, as que pagam suas contas em dia e não estão com dívidas entram em um banco de dados que indicam que são boas pagadoras.

As empresas especializadas em análise de crédito como o Serasa é que serão responsáveis por coletar esses dados e permitir que se tornem acessíveis. Os consumidores que desejarem podem solicitar a retirada do nome da lista, mas, não existe vantagem em fazer isso.

Esse banco de dados terá o histórico financeiro das pessoas em relação ao pagamento de diferentes contas. Quanto mais adimplente ela estiver, maior será a pontuação conseguida.

Esses pontos são chamados de score ou nota de crédito e indicam o risco de inadimplência, com uma pontuação que vai de zero a mil. Quanto maior a pontuação, também aumentam as chances da empresa receber em dia.

Esse cadastro pode ser consultado por qualquer pessoa, inclusive pelo consumidor que deseja saber o seu score. Dessa forma é possível ter ciência da sua situação financeira e atuar de forma que a nota de crédito suba.

O que é considerado para gerar o score do cadastro positivo?

A pontuação do score é baseada na adimplência de alguns serviços como água, luz, telefone, gás e outros serviços continuados.

Entram ainda nessa lista: financiamentos, empréstimos, crédito consignado e outros produtos financeiros similares. Em ambos os casos são considerados não apenas os pagamentos como os valores das parcelas, pontualidade para a quitação de valores e comportamento do consumidor.

Como o Cadastro Positivo Serasa ajuda o consumidor?

A ideia do Cadastro Positivo Serasa é que ele possa ajudar o consumidor que paga suas contas em dia a conseguir mais benefícios como menores taxas de juros ao fazer um financiamento. Isso é possível porque as empresas poderão consultar o score e analisar as chances de levar um calote.

Quanto menor for o risco de inadimplência, é possível negociar menores taxas e condições de pagamentos mais longas. Para fazer um crediário em uma loja, quem estiver bem avaliado nesse cadastro positivo deve encontrar uma burocracia menor.

Para os consumidores que não conseguem comprovar renda, esse deve ser um artifício usado para facilitar o acesso aos financiamentos. Milhões de pessoas que hoje atuam na informalidade e não conseguem acesso a alguns recursos devem ser beneficiadas.

O Cadastro Positivo Serasa veio para ajudar as empresas e consumidores, se por um lado ele permite saber mais sobre os clientes e gerar propostas de acordo com o perfil de cada um, por outro quem paga suas contas em dia será beneficiado e conseguirá melhores condições no mercado.

Para saber mais sobre como anda o seu perfil no mercado, faça uma consulta ao seu cadastro positivo e descubra o seu score.

Como funciona a negativação de devedores na Serasa?

Segundo os dados mais recentes levantados e publicados pela Serasa Experian, mais de 63 milhões de brasileiros estão negativados ou com dívidas em atraso. Isso significa que mais de 40% da população adulta do país está inadimplente. A crise econômica e o aumento do desemprego são as principais causas atribuídas à inadimplência.

A Serasa Experian é uma empresa que oferece serviços de informações, análises e banco de dados a respeito de cadastros positivos e negativos. O banco de dados de negativados da Serasa é formado por devedores da rede bancária, Banco Central,  cartório e algumas empresas específicas. 

A análise dessas informações é uma importante ferramenta para empresas avaliarem a concessão de crédito a um consumidor, seja ele pessoa física (cpf) ou jurídica (cnpj), bem como sua capacidade de efetuar pagamentos. 

Confira como ocorre a negativação de devedores e quais as vantagens da contratação desse serviço para a sua empresa. 

Após quanto tempo de atraso no pagamento a empresa pode solicitar a negativação de devedores?

Quando os consumidores não efetuam o pagamento de suas dívidas no prazo estipulado, a empresa solicita o envio da carta-comunicado, informando aos devedores que seus dados serão incluídos nos cadastros de proteção ao crédito, como o banco de dados da Serasa. 

É considerada ilegal a inclusão do nome do consumidor no cadastro de inadimplentes sem o prévio envio de carta por escrito. 

Caso os consumidores não efetuem o pagamento ou façam um acordo para quitar a dívida, a negativação de devedores  é efetivada.

A política de prazo para solicitar a inclusão no banco de dados de inadimplentes da Serasa varia de empresa para empresa, mas na prática, as empresas costumam solicitar a negativação após 15, 30 ou 60 dias de atraso.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, o devedor tem o prazo de até 10 dias, a contar da data de emissão do comunicado, para entrar em contato com a empresa credora. Após esse prazo, o cadastro é efetivado e então o consumidor passa a ter o seu nome “negativado”.

Como ocorre a negativação no banco de dados da Serasa?

O consumidor inadimplente, ou seja, que está em atraso com o pagamento de suas obrigações, tem seus dados como nome completo e CPF (em caso de pessoas físicas) ou CNPJ (em caso de pessoas jurídicas) incluídos no banco de inadimplentes da Serasa.

Esse cadastro ocorre mediante a contratação do serviço de negativação Pefin, da Serasa Experian, por parte das empresas credoras.  

Além disso, o serviço de negativação de devedores possibilita encontrar de forma fácil e rápida os dados dos consumidores inadimplentes para enviar a carta-comunicado (que é obrigatória por lei) informando o débito e as opções para pagamento. 

Estar “negativado” significa que o consumidor (pessoa física ou pessoa jurídica) possui dificuldades em efetuar pagamentos em dia e pode representar uma ameaça aos negócios se forem disponibilizados créditos a ele, devido ao seu histórico financeiro.

O objetivo do serviço de negativação é dificultar a obtenção de crédito pelo cliente em outros comércios até que ele efetue o pagamento da dívida, e então o seu nome seja retirado da negativação.

Utilizar esse serviço garante reduzir o tempo e custos de cobrança de dívidas, já que ao receber a carta-comunicado, o cliente passa a ter ciência de que seus dados serão negativados    e buscam encontrar soluções para efetuar o pagamento o quanto antes. 

Vantagens do serviço de negativação para a empresa 

Disponibilizar os dados de devedores no banco de dados da Serasa funciona como uma forma legalizada de cobrança de dívidas. Pois uma vez incluídos os dados no cadastro de negativados, os consumidores terão dificuldade em obter crédito junto a outras empresas, tendo que recorrer a negociações e efetuar o pagamento o quanto antes.

De acordo com a Serasa Experian, com esse recurso as empresas conseguem alcançar uma melhora significativa no percentual de recuperação de créditos, cerca de 50% de otimização e recuperação de dívidas.

Outra vantagem é poder aliar ao serviço de carta-boleto, para que o pagamento seja efetuado ainda mais rapidamente. Dessa forma, há também uma diminuição dos custos de emissão de boletos.

Gostou de conhecer melhor serviço de negativação da Serasa? Se quiser saber mais sobre as vantagens e conferir gráficos com os índices de sucesso desse tipo de cobrança, confira este infográfico que a Parceria preparou especialmente para você.