Certificado Digital A1 ou A3: qual o ideal para cada empresa?

Os certificados digitais permitem a assinatura digital de documentos, sendo classificados de

Certificado Digital A1 ou A3: qual o ideal para cada empresa?

Os certificados digitais permitem a assinatura digital de documentos, sendo classificados de acordo com a aplicação e os níveis de segurança. O certificado digital A1 ou o certificado A3 são os mais utilizados pelas empresas

A principal diferença entre os certificados A1 e A3 é a forma de  geração e de armazenamento das chaves criptográficas (arquivo digital, token ou cartão). No entanto, existem também outros tipos de certificado digital, de acordo com as classificações da ICP Brasil.

Se você está no início da sua jornada para entender o que são e como se beneficiar dos certificados digitais, talvez seja importante começar por esse artigo do nosso blog: “Você sabe o que é Certificado Digital? Entenda em 3 minutos!”

Mas, se essa primeira fase já está dominada, avance sua leitura neste artigo, onde resumimos as principais informações dos certificados A1 e A3, para que você possa escolher o ideal para sua empresa. Confira!

Tipos de certificados digitais conforme a segurança

certificado a1

Agora vamos entender entender a classificação dos certificados digitais de acordo com os níveis de segurança criptográfica. A ICP Brasil divide-os em dois grupos: o A1, e as variações A3/S3/T3, com uma  criptografia mais complexa. Confira:

Certificado Digital A1

São certificados de menor segurança e  precisam estar armazenados em um computador. Ou seja, não possui versão mobile. Para poder assinar seus documentos digitalmente o usuário precisa estar junto do computador onde o certificado foi instalado.Têm validade de um ano.

>>> Entenda como funciona a assinatura digital de contratos e qual a relação dessa modalidade com os Certificados Digitais, lendo este artigo.

Certificados A3/S3/T3

É o tipo de certificado com maior segurança, contemplando níveis mais altos de criptografia de proteção das informações. É possível ser utilizado nos 3 tipos de carimbos aplicáveis.

O A3 é referente aos certificados de assinatura digital. S3 relacionado ao sigilo e confiabilidade e, por último, T3 ao carimbo do tempo.

Eles podem ser armazenados em dispositivos criptográficos móveis, como smartcards ou tokens. Também podem permanecer na nuvem e serem acessados pelo usuário em qualquer lugar. Sua validade pode chegar a 5 anos.

>>> Saiba mais sobre a NFP-e (Nota Fiscal Eletrônica do Produtor Rural), neste artigo do nosso blog.

Como escolher o certificado digital ideal?

Para escolher o tipo de certificado digital ideal, é necessário refletir sobre qual uso você fará deste recurso. Em conjunto com o nível de segurança se faz necessário no seu caso.

Se o uso que você faz do certificado digital é para a assinatura simples de documentos e você é um profissional que fica bastante tempo alocado no escritório, junto ao seu computador, o modelo A1 atenderá à sua necessidade. Vale lembrar da importância de somente você ter livre acesso ao seu computador, neste caso.

Em contrapartida, se o seu uso é para a assinatura de documentos mais sigilosos, que necessitem dos selos de Sigilo e Confiabilidade, ou seu perfil profissional é mais dinâmico, onde não fica muito tempo no escritório e precisa resolver questões da empresa onde estiver, o modelo A3 é o mais indicado para você.

Para obter seu certificado digital, você deve buscar uma autoridade certificadora credenciada (AR – Autoridade de Registro) pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira.

Nós, da Parceria Certificadora, somos distribuidores oficiais da Serasa Certificações desde 2008, oferecendo atendimento de excelência, segurança e praticidade aos seus clientes. Traga para o seu negócio a expertise de quem está há mais de 15 anos trazendo agilidade e segurança para dezenas de milhares de clientes! Entre em contato, tire todas as suas dúvidas e agende agora mesmo a emissão do seu certificado com a certificadora que é parceira de verdade do seu negócio!